inicio
inicio

Importante!

Nunca é demais lembrar que o diagnóstico é sempre e apenas clínico. Não existem até o momento exames complementares (tomografia computadorizada, ressonância magnética e outros). Esses complementos atuam apenas como auxiliares do diagnóstico. Por isso é fundamental a conversa com o paciente, sua família e se possível com a escola, a coleta cuidadosa da anamnese (dados da vida e evolução do paciente) e a observação deste.